Making Memories

- Looks

make memories-10Sem memória não somos nada. A frase não é minha. Surgiu numa dessas conversas de café com a minha melhor amiga minimalista, por entre um éclair de maracujá e algumas gargalhadas, a propósito desse mistério maior que é a existência. Mas mesmo não sendo minha, trouxe-a comigo no pensamento. Afinal, seríamos pessoas diferentes sem as nossas memórias? Sem aqueles pedaços de vida, momentos, que nos fizeram seguir este ou aquele caminho? Que nos fizeram rir? Que ainda nos desenham um sorriso maroto nos lábios? 
Provavelmente nunca saberemos. A única coisa que sabemos é que, cada um de nós, é um criador de memórias. Nossas, e daqueles com quem nos cruzamos. E sabe bem isso, de criar memórias. Sobretudo quando têm sabor a mar e a pé na areia. Como estas que hoje partilho convosco de um dia descontraidamente perfeito.
_____________________________________________________________________________________

We are nothing without our memories. The quote is not mine but it poped up on a girls talk with my bestie last week. And to be totally honest i have been thinking a lot about it lately. You know is impossible not to make questions when you think about it. Would we be the same people without our memories? Without that pieces of life, moments, that made us choose this or that way? That made us laugh? That still draw a smile on our lips when we remember?
We might never know. The only thing we do know is that each one of us is a memory maker. We make our memories and the memories of the people who meet us along the way. And that feels just good. Especially when that memories remind us of beautiful beach days like these ones i’m sharing with you today.
make memories-12make memories-6make memories-11

Photos by Henrique Jesus

Photos by Henrique Jesus

Vestido/Dress: Bershka;
Coroa de flores/ Flower Crown: Claire’s;
Pulseira/ Bracelet: Claire’s.

Why Everybody’s Eau de Beauté Addicted

- Beleza

Caudalie Essentials-2

Caudalie. Conheci a marca num desses buzz dos blogues. Na época não fiquei imensamente tentada a experimentar, até ler este artigo sobre a Eau de Beauté. Quem não quer uma água milagrosa capaz de dar luminosidade à pele? Cedi ao meu eu consumista e lá a comprei, sempre a pensar que isso do beauty elixir só podia ser um bocadinho exagerado. Hoje, mais de cinco embalagens depois posso dizer que a danada é mesmo boa. Mas então o que tem assim de tão especial? T-U-D-O!  Deixa a pele com um viço saudável, super luminosa e cheia de vida. É inexplicável a maneira como faz a diferença. Como se fosse uma cápsula de vitalidade instantânea. É claro que a Eau de Beauté não é só água, tem um bocadinho de óleo, mas nada que prejudique peles mistas a oleosas. Pelo contrário. A minha pele, que é tendencialmente oleosa e cheia de esquisitices, reclama é quando não a borrifo com a poção mágica. O aroma a uvas que a caracteriza é sinónimo de começar bem o dia, por aqui.
Numa das vezes que fui comprar a minha Eau de Beauté – tenho sempre duas, uma pequena que anda comigo e outra em casa – o esfoliante Divine Scrub estava em promoção. Dei-lhe uma chance e trouxe-o, mais pela embalagem do que por qualquer outra coisa, verdade seja dita. O veredicto? Tem um cheirinho óptimo e cumpre muito bem a função. Não vou dizer que é o melhor esfoliante de todos os tempos, mas deixa a pele suave com um leve aroma que é o que se quer.
Há mais algum produto da marca que tenho mesmo que experimentar? Contem-me tudo!
_____________________________________________________________________________________

Caudalie. I was introduced to Caudalie due to buzz of the bloggers about the brand. At the time i wasn’t that curious to try it until i red this article talking about Eau de Beauté. You know, who doesn’t want to try a miracle water that makes your skin look glowy and flawless? So that i bought it and after using it for ages (five bottles later actually) i have to admit that it’s worth all the buzz. This Eau de Beauté is E-V-E-R-Y-T-H-I-N-G! It makes your skin look really flawless and healthy like magic. Truth is Eau de Beauté is not just water it has some oil on it too but it’s pretty amazing even to oily skin. My skin is not easy  - it’s normal to oily – and it reality loves this magic potion called Eau de Beauté. If you haven’t tried it yet you have to. Really. I always put it on my face three to four times a day. You can imagine how addicted to it i am.
A few weeks ago when i went to buy another bottle of my precious water this Divine Scrub was with a discount so i decided to give it a try. It was a surprise because it makes the body skin softer and smells so good. I wouldn’t say that it is the best scrub on earth but it’s pretty good as well.
There is any other product from Caudalie i have to try now? Tell me everything.
Caudalie Essentials

Tibães Fashion: Atitude

- Looks

Tibães Fashion OOTD Leti Rose-9Tibães Fashion. Quando a Ângela me enviou um convite para estar presente na edição Atitude, do Tibães Fashion, dei por mim a sorrir. Não só por ser um evento de moda mas também porque se realiza em Braga, uma cidade de que gosto muito. E este “Atitude” foi tudo aquilo que esperava e ainda mais. Gente bonita, workshops, um sítio fantástico – o Mosteiro de Tibães – e muito boa energia. Infelizmente não pude ficar para os desfiles (na próxima edição não os perco, de certeza) mas ainda assim diverti-me imenso. Pelo meio ainda encontrei a Bárbara o que é sempre fantástico (é uma simpatia, ela). Já tínhamos estado juntas no Portugal Fashion, é certo, mas muito à pressa.
Quero aproveitar o post para agradecer toda a amabilidade e gentileza do staff, em especial do Senhor José que foi incansável e, claro, da Ângela. Ainda mal acabou esta edição e eu já estou pronta para a próxima. 
Quanto ao look, apostei num lady like descontraído em tons de rosa. O dia, soalheiro, permitiu as alpargatas que ainda só tinha usado uma ou duas vezes mas que adoro de paixão.
_____________________________________________________________________________________

Tibães Fashion. When Ângela invited me to be at the Atitude edition of Tibães Fashion i was super happy with the idea. You know i always say yes to fashion events and this one was in Braga a city that i really enjoy.
Truth is the event was even more amazing that i could have imagined and i really loved being part of it. Unfortunately i couldn’t stay for he fashion shows but i had lots of fun anyway. Plus i attended some fashion workshops and met Bárbara again, what was really nice. She’s just too sweet.
I’m so thankful for being invited and i really want to thank all the staff, especially Ângela and José that were so gentle and kind to me.
Talking about the outfit, i chose this casual lady like look with a twist. I’m such a pink lover and i was looking forward to wear these espadrilles again. They’re just too cute, aren’t they?Tibães Fashion OOTD Leti Rose-2Tibães Fashion OOTD Leti Rose-7Tibães Fashion OOTD Leti Rose-26Tibães Fashion OOTD Leti Rose-13Tibães Fashion OOTD Leti Rose-3Tibães Fashion OOTD Leti Rose-6Tibães Fashion OOTD Leti Rose-24Tibães Fashion OOTD Leti Rose-22Tibães Fashion OOTD Leti Rose-28Tibães Fashion OOTD Leti Rose-16Tibães Fashion OOTD Leti Rose-11Tibães Fashion OOTD Leti Rose-12Tibães Fashion OOTD Leti Rose-17Tibães Fashion OOTD Leti Rose-18Tibães Fashion OOTD Leti Rose-20Tibães Fashion OOTD Leti Rose-21Tibães Fashion OOTD Leti Rose-27Tibães Fashion OOTD Leti Rose-15

Photos by Mica Andrade

Photos by Mica Andrade

 

Casaco/Coat: Zara;
Calções/Shorts: Zara;
Alpargatas/Espadrilles: H&M;
Camisa/Shirt: Stradivarius;
Relógio/Watch: Burberry;
Mala/Bag: Hamilton, Michael Kors;
Batom/Lipstick: Flat Out Fabulous, MAC.

Starfish!

- Looks

Catarine docas web (5)Estrela do Mar. Desde criança que gosto de estrelas do mar (quem é que não gosta) e por isso quando, na minha viagem a São Paulo, encontrei estas calças não as podia deixar ficar lá. São da Versace para a Riachuello (da mesma colecção dos calções que usei aqui) e vesti-as pela primeira vez esta semana. Há qualquer coisa de misterioso nas estrelas do mar, para lá da indiscutível beleza. Talvez o facto de regenerarem os braços caso se partam, ou tão só parecerem tão inanimadas quando são tão cheias de vida. Não sei. Voltando às calças, arrancaram muitos elogios (até da minha amiga minimalista convicta), o que me deixou de alma cheia. Isso do elogio tem poder, não foi à toa que a L’Oréal lançou a campanha #euelogio. Aquece o coração de quem o diz, afaga o ego de quem o recebe e torna-se um ciclo que termina, inevitavelmente, em sorrisos. Sobretudo naqueles dias em que tudo parece correr mal e nos sentimos piores que uma casca de banana.  O elogio é mais ou menos aquela arma de afecto que todos podemos disparar. Há quem nunca o faça, há quem tenha preguiça de a usar e depois há os verdadeiros snipers do elogio. A que grupo pertencem?
_____________________________________________________________________________________
Starfish. I love starfishes since i was a child (is there anyone whom don’t really love them?) so when i found this pair of jeans in São Paulo i had to buy it. They’re from Versace to Riachuello and they’re part of the same collection of the shorts i wore here. Anyway there’s something absolutely fabulous and mysterious about starfishes beyond their beautifulness. You know maybe it’s because they can grow theirselves a new arm when they break one (yes it’s true) or maybe because they look just too quiet when actually they’re so alive. I really don’t know what it is but i like it. Talking about the pants again, when i wore them this week so many people loved them (even my minimalistic best friend). And that made me so happy. It’s quite strange to admit it but words have power. There was a point when L’Oréal made this campaign called #ipraise. Praises make people happy. The ones who say it and the ones who listen it. That being said i can only think that praises are kind of an affection weapon. A good one actually. Everybody can use it but here are the ones who never do that, the ones that are just too lazy to do it and the ones that are truly praise snipers. What kind of praiser are you?Catarine docas web (2)Catarine docas web (12)Catarine docas web (6)Catarine docas web (13)Catarine docas web (8)Catarine docas web (9)Catarine docas web (10)Catarine docas web (3)Catarine docas web (4)Catarine docas web (1)

Photos by Lieve Tobback

Photos by Lieve Tobback

Casaco/Jacket: Bershka (similar here and here);
Camisa/Shirt: Stradivarius (similar here);
Calças/Jeans: Versace for Riachuello (also love these ones);
Sabrinas/Flats: Marc by Marc Jacobs;
Brincos/Earrings: H&M (also love these ones);
Mala/Bag: Hamilton, Michael Kors;
Batom/ Lipstick: Viva Glam II, MAC.

Did you say clutch?

- Crónicas, Looks

clutch mania leti rose blog

Da esquerda para a direita/ From left to right: Zara, Bershka, Mango, Dolce & Gabbana.

Clutch Mania. Elas entraram na minha vida quase sem me aperceber. Assim, de mansinho. A primeira veio em forma de presente. Uma Dolce & Gabbana bem bold que, do alto dos meus 16 anos, só usava para sair à noite. Depois comprei mais uma ou outra. Ora para ir a um casamento, ora para ir a uma qualquer festa. Mas só isso. Longe de mim usá-las no dia a dia. Gostava (e ainda gosto) de levar o meu mundo na carteira. E como o meu mundo é complicado não me bastava com um espaço onde cabe apenas o essencial. Com o tempo fui-me dando conta que, às vezes, simplificar é a palavra de ordem. E aí sim dei por mim a conseguir sair apenas com o essencial: carteira, chaves e telemóvel. 
Dizem que, com o tempo, vamos mudando e gostando de coisas que outrora não tinham grande significado. Sinto isso com as clutches. Hoje em dia, além de as adorar, consigo usá-las no dia a dia. Sim, continuo a preferir malas grandes, é verdade. Mas já dou por mim a sair apenas com uma clutch, leve e feliz. O melhor? São práticas e obrigam-nos a escolher o essencial. 
Para vos mostrar as minhas preferidas tirámos estas fotos que, entretanto, ficaram esquecidas no computador. Tinha o cabelo mais comprido na altura, mas lembro-me bem o quanto nos divertimos a tirá-las. Por isso, não fazia sentido não as partilhar, sobretudo porque as minhas clutches preferidas continuam as mesmas. E vocês, são fãs destas mini-malas?

_____________________________________________________________________________________
Clutch Mania. They came into my life very slowly. The first one was a gift, an amazing Dolce & Gabbana i used to wear for going out as a teenager. Than i bought one or two for a wedding or for some party i was invited to. Anyway i wasn’t the kind of woman that wears clutches at day and everyday. I have to say that i liked (and still do) to bring all my life in my bag. So the clutches weren’t my kind of bag at all. They’re just too small i used to think. However, as the time passed by i found a big advantage on clutches: they make you choose and carry just the essential. Today i still prefer big bags but i must admit that i love clutches as well. So that i can wear a clutch by day and be happy about it because i’m just carrying what i really need: my wallet, my keys and my cell phone.

To celebrate my love for clutches we shot this pics. It was a long time ago (my hair was even longer that it is now) but it’s kind of funny to see how my favorite clutches still the same. Therefore i’m sharing the pics with you because you know… i really enjoyed shooting them for you. 
Let me know if you prefer clutches or big bags and why. I’d love to read your thoughts about it.
Clutch Mania Trends Leti Rose blog-9Clutch Mania Trends Leti Rose blog-17Clutch Mania Trends Leti Rose blog-26Clutch Mania Trends Leti Rose blog-21Clutch Mania Trends Leti Rose blog-27Clutch Mania Trends Leti Rose blog